Jornalista é morto após denunciar corrupção de menores.

6 05 2007

01071638100.jpg

O jornalista Luiz Carlos Barbon Filho, de 37 anos, que denunciou o esquema de aliciamento de menores em Porto Ferreira (a 228 km de São Paulo) foi morto a tiros na noite do sábado (5). O crime ocorreu em frente a um bar próximo à rodoviária da cidade.

Segundo a polícia, o jornalista estava em uma mesa na calçada do bar quando dois homens em uma moto chegaram e atiraram. Alcides Marcílio Catarino, que estava com Barbon, também foi atingido e levado para um pronto-socorro. Os assassinos fugiram.

Barbon trabalhava no “Jornal do Porto”. Ele denunciou o esquema de aliciamento de menores envolvendo quatro empresários, cinco vereadores e um garçom de Porto Ferreira em agosto de 2003. Na época, eles foram presos acusados de participar de festas com menores em ranchos às margens do Rio Mugi Guaçu.

Fontes: G1

About these ads

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: